Indústrias de Manaus serão parceiras na capacitação de jovens na gestão de David

Projeto de qualificação vai ser formatado em parceria com empresas do Polo Industrial para garantir oportunidades no mercado de trabalho

As empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) poderão ser aliadas importantes da Prefeitura de Manaus, a partir de janeiro de 2021, na gestão David Almeida (Avante) e Marcos Rotta (Democratas), que vai firmar parcerias voltadas à formação e capacitação da mão de obra dos jovens para o disputado mercado de trabalho.

Além de ser protagonista no processo de fortalecimento do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM), com ações destinadas a agilizar a desburocratização dos processos e buscando a segurança jurídica dos investidores, David Almeida disse que vai buscar as empresas para, em parceria, investir na qualificação da mão de obra dos trabalhadores da capital amazonenses.

“Nós vamos criar um programa, em parceira com as empresas do Distrito Industrial, para treinar os jovens que estão desempregados. As empresas já pagam o transporte e o almoço e a Prefeitura vai dar uma ajuda de custo para ajudar nesse período de treinamento, e após dois meses do curso realizado dentro da própria empresa parceira, eles serão contratados. As empresas precisam de pessoas com experiência”, explicou David.

Entre outras as iniciativas já definidas no Plano de Governo de David e Marcos Rotta, se destaca ainda o “Manaus 4.0”, que é um programa de modernização que vai viabilizar a qualificação dos jovens profissionais em técnicas como programação, robótica colaborativa e análise de dados.

De acordo com o candidato da coligação Avante Manaus, esse projeto será implementado, em parceria com a iniciativa privada e o Sistema S – que reúne entidades empresariais voltadas para o treinamento profissional, assistência social, consultoria, pesquisa, assistência técnica e lazer –, serviços considerados de interesse público.

Ele explicou a parceria com indústrias de tecnologia vai estimular a difusão de conhecimento a partir de soluções do século 21, tais como hackathons – para promover o desenvolvimento de software -, startups weekend – para promover o empreendedorismo e fomentar ideias inovadoras -, e o iGovNights – para discutir inovações no setor público -, porque esses são ambientes pensados para o trabalho autônomo, criativo, dinâmico em networking e baixos custos administrativos.

“A tecnologia está em constante evolução e essas mudanças exigem das pessoas atualização e renovação do conhecimento. Por isso pensamos num projeto que ajude a juventude que estar preparada para garantir vagas nesse novo mercado de trabalho”, comentou David.

Inovação
David revelou, ainda, que também vai trabalhar para expandir o modelo de coworking em Manaus – compartilhamento de espaços -, além de buscar a integração dos núcleos de inovação e apoio aos depósitos de pedidos de patentes de Manaus, sejam eles públicos, privados, acadêmicos ou do terceiro setor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *