David Almeida propõe criação de parque no entorno da floresta da Ufam

O ex-governador do Amazonas e pré-candidato a prefeito de Manaus David Almeida (Avante) defendeu, nesta sexta-feira (14), a criação do maior parque ecológico da cidade, com pista de caminhada e ciclovia, no entorno da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). A proposta foi apresentada por David à reitoria da instituição e seus diretores de departamentos.

Além do objetivo de criar barreira que combata as invasões sobre essa floresta urbana, David Almeida explicou queva parceria com a Ufam ajudará no projeto de qualidade vida da população manauara na área da saúde, especialmente, no enfrentamento a doenças como hipertensão e diabetes, por exemplo.

Com um perímetro de, aproximadamente, 13,8 quilômetros no entorno da área do campus, entre os bairros Coroado, Japiim e Distrito Industrial 1, a Ufam conta com uma área de floresta de 6,7 milhões de metros quadrados. De acordo com a universidade, esse fragmento de verde em área urbana é considerado o terceiro maior do mundo e o primeiro do Brasil.

Segundo David Almeida, a ideia é criar equipamentos públicos nas limitações da floresta do Campus, com pista de caminhada, ciclovia, circuitos de funcional, área para cross e atividades desportivas comunitárias, como a zumba, para incentivar a prática desportiva na população. Atleta profissional, o pré-candidato avalia que Manaus oferece hoje poucas opções aos seus moradores, no sentido de garantir qualidade de vida.

Para o processo ser mais completo, David disse que, em se tratando de um projeto construído em parceria com a Ufam, a instituição poderá se envolver ainda mais com as comunidades dos seus arredores, aproveitando os seus acadêmicos das mais diversas áreas do conhecimento, como a de saúde, educação física e ambiental.

“Tudo isso vai ser possível com a criação do parque no entorno da Ufam, para ajudar a melhorar a saúde da população, tirando as pessoas do sedentarismo, disponibilizando a elas equipamentos públicos para a prática desportiva, com toda uma programação patrocinada pela Prefeitura de Manaus, em parceria com a universidade”, explicou David.

Proteção da floresta
David Almeida observou na reunião com a reitoria da Ufam a necessidade de proteger o fragmento de floresta do campus, que, pela sua dimensão, é de extrema importância para climatização da cidade.

“Já vimos que, ao longo dos anos, têm algumas áreas da Ufam que estão sendo invadidas, e esse parque vai inibir o avanço dessa indústria criminosa de invasão de terras. O parque vai criar uma barreira de proteção dessa floresta urbana e impedir os avanços dessas invasões”, comentou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *