Agosto Dourado entra em cena e reforça o estímulo ao aleitamento materno

O Agosto Dourado, movimento criado para incentivar o aleitamento materno, tem início na próxima semana, com uma vasta programação local, desenvolvida pela Associação Segeam (Sustentabilidade, Empreendedorismo e Gestão em Saúde do Amazonas) nas maternidades públicas estaduais de Manaus. A ideia é promover a troca de conhecimento e a atualização de protocolos na área da assistência obstétrica, informou a psicóloga Francivânia Vieira, gerente do Núcleo de Educação Permanente da Instituição. Este ano, o tema escolhido para a campanha em nível mundial foi: ‘Apoie o aleitamento materno por um planeta saudável’.

Pesquisa recente encabeçada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), aponta que apenas 40% das crianças com idade até seis meses, são alimentadas exclusivamente com o leite materno. Quando se trata do Brasil, o percentual cai para 38%, uma realidade que precisa ser mudada, segundo especialistas.

Francivânia Vieira explica que para contribuir com a conscientização e sensibilização nas unidades de saúde, a Segeam planejou uma programação que incluirá palestras, mesas redondas e até um cronograma de lives, com o objetivo de tornar mais abrangente o acesso ao conteúdo. As lives ocorrerão através do Instagram da Segeam (segeam_amazonas) e os vídeos serão reproduzidos em plataformas como YouTube e Facebook. O público-alvo são profissionais da saúde que atuam diretamente com parturientes no pré-natal, parto e pós-parto.

Pelo menos 300 profissionais, em sua maioria enfermeiros, devem participar das atividades presenciais e virtuais, em horários alternados e número reduzido por palestra, respeitando as recomendações das autoridades de saúde para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. Medidas de segurança como o uso de máscaras, álcool gel 70% antisséptico e o distanciamento social também serão obrigatórios.

Serão incluídas na programação as seguintes unidades estaduais de assistência obstétrica: Maternidades Balbina Mestrinho, Ana Braga, Chapot Prevost, Nazira Daou e Instituto da Mulher Dona Lindu.

Sobre a Semana Mundial de Aleitamento Materno

Entre os dias 3 e 7 de agosto, instituições nacionais e mundiais desenvolverão uma programação especial alusiva à Semana Mundial do Aleitamento Materno. No caso da Segeam, as atividades ocorrerão durante todo o mês.

Aleitamento

As ações de saúde no mês de agosto se voltam para a importância da alimentação saudável de bebês através do primeiro alimento que eles recebem após o nascimento: o leite materno. Segundo especialistas, o leite materno é o alimento mais completo que existe e indispensável nos primeiros seis meses de vida, pois contém tudo que o bebê precisa, sem a necessidade de complementação por outros alimentos ou água, pois é considerado rico e completo para o seu desenvolvimento saudável.

O aleitamento materno tem sido tema de diversas campanhas nacionais, no intuito de fortalecer a prática, que é importante tanto para o bebê, quanto para a mãe, fortalecendo o vínculo entre ambos.

Entre os benefícios associados à amamentação, estão: alto valor nutricional do leite materno, proteção imunológica, menor risco de contaminação, além da redução da morbimortalidade infantil por diarreia e por infecções respiratórias.

Já para a mulher, ajuda na redução de desenvolvimento de diabetes, previne os cânceres de mama e de ovário, e promove a aceleração involuntária uterina, reduzindo o sangramento pós-parto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *