Covid-19: Em meio à pandemia, Gean Barros promove aglomeração com fins eleitoreiros em Lábrea

Com 785 casos confirmados de Covid-19 em seu município, o prefeito de Lábrea, Gean Barros, foi denunciado por realizar uma reunião, caracterizada como política e eleitoreira, com produtores rurais de ramais. A ação contraria o decreto da própria prefeitura que determina o distanciamento social na cidade e a proibição de aglomerações.

O prefeito esteve acompanhado por seu vice, do presidente da Câmara e do gerente local do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam).

Com a ação, o gestor causa aglomeração, colocando a população e a saúde pública em risco, e descumprindo o próprio decreto. Recentemente Gean prorrogou o decreto de toque de recolher na cidade, fechando igrejas e atividades empresarias. “Ele está usando desculpas da pandemia para privar seus opositores políticos de trabalhar, enquanto ele transita livremente no meio do povo, fazendo reuniões que não são pertinentes a atividades essenciais”, disse um denunciante que preferiu não se identificar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *