Deputado cobra providências nos serviços do Bradesco, energia e água no interior do Amazonas

Em Sessão online da Assembleia da Legislativa do Amazonas (Aleam), na manhã desta quarta-feira (15), o deputado estadual Álvaro Campelo (Progressistas), voltou a pedir providências referentes a denúncias da má prestação de serviços essenciais, que tem causado transtornos a população de 3 municípios do Amazonas.

O parlamentar relatou problemas causados pelos constantes “apagões” de energia elétrica em Anamã. “Já é a terceira vez que falo do problema da energia elétrica no município, que continua sofrendo com o desserviço da concessionária. Aparelhos eletrodomésticos estão sendo danificados, os comerciantes tendo prejuízos, escolas, posto de saúde e agências bancárias, deixando de funcionar. E o que antes era apenas algo isolado nas comunidades rurais, agora é uma triste realidade na sede também”, denunciou Campelo.

O deputado também cobrou providências a respeito da distribuição de água no município de São Sebastião do Uatumã, que tem deixado os munícipes sem o serviço. “Recebi essa denúncia do vereador Alessandro, a respeito do SAAE, que é o órgão que administra o fornecimento e a distribuição de água no município, que está há dois dias sem água, sem previsão de volta e sem resposta alguma”, disse.

Por último, o deputado Progressista destacou os problemas causados pelas 4 unidades do Bradesco Expresso em Juruá. A reclamação foi feita pelo vereador do município, Nonato Marques. De acordo com ele, há um limite para a realização de pagamentos e saques pelos clientes e os caixas eletrônicos não têm a quantidade necessária de cédulas para atender os saques. Além disso, práticas abusivas são constantes, como emissão de cheque especial, imposição de limite de crédito e a entrega de cartão para aposentados, com desconto de anuidade, sem que os mesmos façam essa solicitação.

O deputado oficiará o pedido de providências imediatas às empresas de água e energia elétrica, bem como ao Bradesco, além de protocolar denúncia no Procon Amazonas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *