Ex-prefeito de Borba, Careca Holanda, é envolvido em denúncia de esquema de licitações no interior

Há pouco mais de um mês, em um programa de rádio matinal da capital amazonense, foi feita a denúncia sobre direcionamentos de licitação por prefeitos no interior do Amazonas. O suposto esquema de cartas marcadas para beneficiar empresas de construção ligadas ao ex-prefeito de Borba, Careca Holanda, teria começado com a prefeitura de Itacoatiara, tendo inclusive resultado no afastamento do prefeito do município, Antonio Peixoto.

Em Lábrea, o direcionamento de licitação também foi denunciado pelo programa de rádio, envolvendo a empresa CostaPlan. Esse contrato foi direcionado para empresa Vila Rica, onde o executor da obra seria Careca Holanda.

Careca é conhecido por colecionar esquemas e obras inacabadas em diversos municípios do interior.

Histórico – O ex-prefeito possui um histórico problemático com órgãos de controle. Em 2011, o Ministério da Saúde, a pedido da Câmara Municipal de Borba, durante a gestão de Careca à frente da prefeitura, investigou uma denúncia de má aplicação de recursos públicos em um posto de saúde do município. A acusação é de que a Unidade Básica de Saúde (UBS) Dom Adriano Veigle recebia do governo federal R$ 60 mil por mês, mas estva inoperante.

Em 2014, O colegiado do TCE-AM também decidiu pela irregularidade da prestação de contas do Termo do Convênio 42/2012, firmado entre a Prefeitura de Borba, representada por Careca Holanda, e o Estado do Amazonas. Por conta das irregularidades, o pleno aplicou uma multa de R$ 32 mil ao ex-prefeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *