CNJ dá prazo para Chalub explicar nomeação de João Simões para Esmam

O presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), desembargador Domingos Chalub, tem até terça-feira (14) para explicar a nomeação do desembargador João Simões para o cargo de diretor da Escola da Magistratura do Amazonas (Esmam) para o biênio 2020/2022. O prazo foi estabelecido pela conselheira do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Maria Cristiana Simões Amorim Ziouva, ao despachar sobre o procedimento de controle administrativo impetrado pelo ex-presidente do TJAM, Yedo Simões, que considera ilegal a nomeação de João Simões para a Esmam.

Fonte: Portal Único

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *