Cinco prefeitos do AM que buscam a reeleição estão como ‘ficha suja’ no TCU

Das 510 prestações de contas irregulares divulgadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) referentes a gestores e ex-gestores no Amazonas, cinco são de prefeitos no interior do Estado que buscam a reeleição no pleito deste ano. Com base na lista de contas irregulares pelos órgãos de controle, neste caso o TCU, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), julga a elegibilidade dos pretensos candidatos que podem ser enquadrados na Lei de Ficha Limpa.

Entre os nomes que buscam a reeleição e poderão ser considerados inelegíveis por conta de irregularidades nas prestações de contas junto ao TCU, estão os prefeitos de Itacoatiara, Antônio Peixoto de Oliveira (PT), que acumula uma condenação; de Lábrea, Gean Campos Barros (MDB), que acumula três pendências; de Presidente Figueiredo, Romeiro Mendonça (PP), que acumula duas condenações; de Rio Preto da Eva, Anderson Souza (PP), que acumula quatro condenações e Tabatinga, Saul Bemerguy (MDB), que acumula duas prestações irregulares pelo TCU.

Dos prefeitos reeleitos com prestações de contas irregulares no TCU, estão: Abraham Lincoln Dib Bastos (PSD), de Codajás com uma condenação; Ivon Rates da Silva (Pros), prefeito de Envira com cinco contas irregulares e; Gledson Hadson Machado (Pros), prefeito de Nhamundá com uma condenação.

Municípios

Dos municípios com gestores com contas irregulares estão: Alvarães (4), Amaturá (3), Anori (3), Apuí (3), Atalaia do Norte (2), Autazes (3), Barcelos (4), Barreirinha (2), Benjamin Constant (2), Beruri (3), Boa Vista do Ramos (3), Boca do Acre (1), Caapiranga (3), Carauari (1), Careiro (1), Coari (11), Codajás (2), Eirunepé (3), Envira (1), Fonte Boa (2),Humaitá (3), Ipixuna (2), Iranduba (4), Itacoatiara (3), Itapiranga (2), Japurá (3), Jutaí (2), Lábrea (1), Manacapuru (4), Manaus (138), Manicoré (5), Maraã (2), Maués (5), Nhamundá (3), Nova Olinda do Norte (1), Novo Airão (1), Parintins (1), Pauini (2), Presidente Figueiredo (1), Rio Preto da Eva (4), São Gabriel da Cachoeira (7), Tabatinga (16), Tapauá (1), Tefé (4), Tonantins (1), Uarini (1) e Urucurituba (5).

Confira a lista dos nomes completos aqui

Fonte: Portal o Poder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *