Ex-prefeita de Anori, Sansuray Xavier é ‘ficha suja’ no TCU e pode ficar inelegível

A ex-prefeita de Anori e possível candidata a eleição no município deste ano, Sansuray Xavier, pode ter seus planos frustrados. Seu nome apareceu três vezes entre as 510 prestações de contas irregulares divulgadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU) referentes a gestores e ex-gestores no Amazonas. Com base na lista de contas irregulares pelos órgãos de controle, neste caso o TCU, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-AM), julga a elegibilidade dos pretensos candidatos que podem ser enquadrados na Lei de Ficha Limpa.

Com isso, a ex-prefeita pode ser considerada inelegível e ficar fora das eleições municipais deste ano, sendo considerada ‘ficha suja’, uma vez que ela possui três processos com transito em julgado no TCU.

Entre os nomes que buscam a reeleição e poderão ser considerados inelegíveis por conta de irregularidades nas prestações de contas junto ao TCU, estão os prefeitos de Itacoatiara, Antônio Peixoto de Oliveira (PT), que acumula uma condenação; de Lábrea, Gean Campos Barros (MDB), que acumula três pendências; de Presidente Figueiredo, Romeiro Mendonça (PP), que acumula duas condenações; de Rio Preto da Eva, Anderson Souza (PP), que acumula quatro condenações e Tabatinga, Saul Bemerguy (MDB), que acumula duas prestações irregulares pelo TCU.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *