Hospital de campanha flutuante é utilizado no combate ao Covid-19 em Santo Antônio do Içá

Com 759 casos de Covid-19 registrados no município, a prefeitura de Santo Antônio do Içá transformou sua Unidade Básica de Saúde Fluvial (UBSF) em um verdadeiro hospital de campanha para combater o vírus nas comunidades ribeirinhas mais afastadas da sede da cidade do interior do Amazonas.

De acordo com o prefeito Abraão Lasmar, no último domingo, 31 de maio, a UBSF atendeu mais de 400 pessoas em uma comunidade ribeirinha chamada ‘Pilotão’. Já na segunda-feira, 1º de junho, ela foi enviada para a comunidade do ‘Juí’, com cerca de cinco mil habitantes, e vai funcionar como hospital de campanha pelos próximos 20 dias.

“Nossa unidade é completamente equipada e conta com 42 profissionais que atenderão as pessoas que vivem nos lugares mais distantes. Escolhemos deixar ela nessa localidade pela posição estratégica que ela possui, pois em casos de emergência, é mais rápido de trazer um paciente em estado grave para a nossa sede e se for preciso fazer a transferência para a capital”, afirmou o prefeito Abraão.

De acordo com a Fundação Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), pelo menos 16 pessoas já morreram por causa do Covid-19 em Santo Antônio do Içá. Para controlar a proliferação do vírus, a prefeitura fez diversos investimentos em equipamentos, EPI’s e em logística na cidade, além de publicar decretos para garantir a manutenção do isolamento social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *