CPI da Saúde: Josué diz que Poder Legislativo está sendo impedido de fiscalizar e legislar

O deputado presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), Josué Neto se manifestou em suas redes sociais sobre a decisão do desembargador João Mauro Bessa, do Tribunal de Justiça do Amazonas (Tjam), que deferiu liminar em mandado de segurança e determinou a imediata suspensão dos atos de designação dos membros, de instalação e de nomeação do presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito da Saúde.

Em postagens em suas redes sociais, o deputado confirma a liminar dada a pedido da deputada estadual Alessandra Campelo e revela receio sobre a decisão, chegando a chamar a situação de crise.

“Desembargador do TJAM concede liminar e suspende CPI a pedido da deputada Alessandra Campelo. O receio é grande e existe. O executivo não tá fazendo. O Legislativo impedido de fiscalizar e legislar. Essa é uma crise Brasileira”, disse o deputado em publicação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *